segunda-feira, 26 de julho de 2010

Pontapé (torto) inicial

Essas duas pessoas tem tanta história para contar que, sério, daria um livro imenso da comédia da vida privada. Pois mal nos reunimos para lançar o tão sonhado blog e já nos metemos em uma baita vergonha pública. Vulgo mico.

Enquanto estávamos preparando a página, layout e ideias, muitos possíveis textos se passaram por nossa mesa regada a notebook, suquinho de laranja, água gaseificada, crepes deliciosos e boas conversas amigas inesperadas. E essas possibilidades incluíam o vago pensamento de escrever sobre "coisas estranhas que fazem os homens", pois o garçom que nos servia ostentava uma unha gigante no dedo mindinho (ugh!), e apenas naquele dedo (aliás, meninos... Por que é que vocês fazem isso?)

Enfim... Um infinito de assuntos poderiam ser nosso primeiro texto, já que o blog pretende tratar sobre tudo. Mas quis o destino que nós mesmas fôssemos as atrizes principais do pontapé mais do que torto inicial do blog. Transcrevo-lhes a cena:

Essas duas simples meninas dos tempos modernos, Tchu e Lety (olha aí, já garanti a intimidade), pegaram um cineminha (Eclipse... Já viram?) e sentaram-se num restaurante muito gostoso do próprio shopping, ao qual não pretendem voltar tão cedo, para começar a construção desse blog que vos fala.

Conversa vai, conversa vem, encontramos amigos inesperados, papeamos, adiantamos toda a coisa. Comemos, bebemos, sorrimos e lá pelas nove horas estávamos morrendo de sono (acabo de me sentir uma velha), e então nos despedimos dos amigos, pegamos nossas coisas e rumamos para a saída.

Acompanharam o raciocínio? Comemos, bebemos e saímos.

Alguém notou que faltou alguma coisa?

Bem, se você não notou, querido leitor, então você merecia estar lá conosco e pagar esse mesmo mico.

Vão-se as duas para a saída, rindo, felizes da vida. E eis que se ouve um grito:

"MOÇA! MOÇAAAAAA".

Não. Não era o gatinho da mesa ao lado querendo o telefone de uma de nós. Era o garçom do restaurante, correndo às pampas.

Isso aí. Nós esquecemos de pagar a conta.

O mais impressionante é que, ao nos virarmos e vermos o pobre coitado correndo, pensamos: "Que será que ele quer"? A gente nem desconfiou, mas nem de longe, que não tínhamos pagado a conta. Aliás, a gente nem lembrou de que tínhamos uma conta.

E então o garçom se aproximou e disse a frase que ecoou durante horas em meu ouvido (bem como no twitter e facebook):

"Moça, a notinha..."

Nesse momento, o chão se abriu. Houve um imenso terremoto que derrubou cinco lojas e ninguém nem ao menos notou nós duas ali, paradas, com cara de tacho.

Ok. Infelizmente, não foi isso o que aconteceu. Na verdade, todo mundo não só notou, como provavelmente riu das nossas caras vermelhas de vergonha. O retorno ao bar para pagar a conta foi humilhante. Parecia que precisávamos andar uns bons 4 Km até chegar e cair de lamúrias pedindo desculpas e jurando nossa honestidade ao moço do caixa (que por sinal foi super compreensível e risonho, o que só aumentou nossa vergonha).

Pagamos e saímos. Pela outra saída, é claro.

E eu, particularmente, preciso dizer: só volto ali de peruca loira, óculos escuros e uns bons 40 Kg mais magra. Nem Sylvester Stallone viu um mico maior que esse!

Começamos bem, vocês não acham?

Então... Vamo que vamo!


P.S: O batom e cinta liga abre suas portas para os comentários. Por favor, sejam bonzinhos e nos contem micos que pagaram. Nos sentiremos menos idiotas.

E, como nós estamos já nos divertindo MUITO com ele (mesmo com micos), esperamos também que se divirtam com o blog!


Por Lety.

6 comentários:

Icaro disse...

Parabéns pelo blog. Espero que aconteçam mais situações parecidas com essas. Abraço.

27/7/10
Naiara e Letícia - As autoras disse...

Hahahaha...
Obrigada, Icaro!
Não sei se fico feliz ou perturbada com seu comentário. Mas com certeza micos com a gente não faltam. Bad. Baaaad. =P

27/7/10
Anônimo disse...

Homens deixam a unha do dedinho maior pra poder coçar o ouvido!

Minha teoria! hehe


yuu

27/7/10
Rafaela disse...

Adorei,Lê. Vida longa ao blog. Delícia te ler, como sempre.
Bj (o que seria da gente numa vida sem micos, hem?)
Rafa

28/7/10
Torú disse...

Pow...Mta massa esse blog...xorei de rir...kkk...vcs são 10...valeu...mas realmente eu prefiro as mais burrinhas pra parecer inteligente perante elas...kkkkk..e outra vai...toda mulher gosta de estar com um cara mais inteligente...fala sério...

31/7/10
Torú disse...

Pow...Mta massa esse blog...xorei de rir...kkk...vcs são 10...valeu...mas realmente eu prefiro as mais burrinhas pra parecer inteligente perante elas...kkkkk..e outra vai...toda mulher gosta de estar com um cara mais inteligente...fala sério...

31/7/10